FUNEPU

Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba

A Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba – FUNEPU foi criada em abril de 1982 e registrada como Pessoa Jurídica de Direito Privado em 30 de maio do mesmo ano, sendo reconhecida como de Utilidade Pública Estadual e Municipal e como Fundação de Apoio à UFTM e IFTM pelo Conselho Nacional de Assistência Social, Ministério da Educação – MEC e Ministério da Ciência e Tecnologia – MCT.

A FUNEPU tem por objetivos o ensino, a pesquisa, a extensão, o desenvolvimento institucional, científico e tecnológico; a assistência social e de promoção à saúde e a proteção à família, à criança e ao adolescente, à cultura e ao meio ambiente.

A Fundação possui mais de 38 anos de experiência nas áreas de:

- Prestação de serviços de assistência à saúde com responsabilidade social gerando o conhecimento científico, promovendo a inovação tecnológica e o desenvolvimento social.

- Gestão de  recursos humanos, gestão de processos seletivos,  tendo promovido a seleção mais de 5.000 pessoas, para áreas de saúde, ensino e pesquisa.

Atualmente a FUNEPU ampliou sua prestação de serviços, oferecendo  serviços de saúde e diagnostico a preços acessíveis a população em geral, além de serviços de atenção a saúde do trabalhador por meio do CAST – Centro de Atenção e Saúde do Trabalhador.

Conheça a instituição

Há três anos à frente da gestão das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), a Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba – Funepu, implanta mais uma novidade no atendimento, afim de modernizar e oferecer segurança na prestação do serviço nas unidades. Trata-se da criação do atestado médico com QR Code, que autentica o documento e permite às empresas e empregadores checarem a veracidade do mesmo.

Segundo a coordenadora da Funepu, Keila Telles Furtado, a ideia surgiu a partir da necessidade de oferecer maior segurança na emissão dos atestados, justamente pela crescente demanda de atendimentos nas UPAs. “Foi então que percebemos que poderíamos usar a nossa expertise de mais de 30 anos de gestão e ter a tecnologia como aliada. Nós começamos a estudar algumas possibilidades que pudessem dar mais segurança não só para os pacientes que realmente estão sob atestado médico, mas também para o empregador, revela Keila.

O novo modelo de atestado médico, já em funcionamento nas Unidades Mirante e São Benedito, foi desenvolvido pela equipe de TI da Funepu e tem como base o uso do QR Code, que é um código em 2D, composto por quadrados e pontos que são lidos pela câmera de celular ou webcam. Cada atestado gerado pelo sistema, tem um código diferente que direciona o acesso para o site da Funepu, detalhando o nome do paciente, a unidade em que foi atendido e a quantidade de dias atestados.

O processo, que é inovador no sistema público de saúde, foi desenvolvido sem nenhum custo adicional para o município. “Desde que assumimos a gestão das UPAs, a Funepu sempre se preocupou em modernizar o atendimento em todos os sentidos, incluindo o tecnológico, como quando implantamos, por exemplo, o monitoramento em tempo real dos atendimentos das unidades. Sempre buscamos também fazer esses avanços com o menor impacto financeiro possível. No caso do novo sistema de atestado médico, não houve nenhum tipo de investimento extra, uma vez que foi desenvolvido pela nossa equipe de profissionais”, destaca Jesislei Rocha, presidente da Funepu.

Já o secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, destacou a iniciativa da Fundação e revelou a possibilidade de estender a ideia para as demais unidades de saúde do município. “Nós parabenizamos a Funepu por essa ideia inovadora e já estamos buscando um alinhamento para fazermos a integração desse formato com o sistema do município. Nós acreditamos que em um curto espaço, poderemos utilizar também essa ferramenta, afim de minimizar os impactos negativos e oferecer mais segurança para o cidadão uberabense”, finaliza Iraci.

Página 1 de 2
 

Parceiros

  • CEMIG
  • ESP MG
  • UFTM
  • Credmed
  • FAPEMIG
  • EBSERH
  • NIEA